Sabemos que muitas empresas ainda têm dúvidas sobre controle de ponto. 

Para te ajudar, separamos esses dois conteúdos de nosso blog que abordam o assunto e com certeza vão esclarecer todas as suas dúvidas.

Uma questão que sugerimos, é que a empresa que usa de trabalho externo, pode isentar seus funcionários do ponto (Artigo 62 da CLT). E deve manter nossos registros para controle, somente se eventualmente algum funcionário vier a solicitar horas extras.

Com o uso do nosso sistema, o primeiro check-in e o último check-out do dia, pode dar amparo a qualquer reivindicação que seja injusta ou indevida.

Não vamos falar da necessidade de um controle mensal do ponto, haja visto que a CLT permite dispensa.

Nossos registros podem ser usados em uma ação trabalhista e tem valor legal.

Vamos deixar uma matéria para você ler e com algumas jurisprudências onde o judiciário aceita os registros do celular como uma forma de controle da jornada (e não do ponto).

Controle de ponto e jornada de trabalho da sua equipe externa: saiba as novidades da legislação trabalhista 

Parte 2: O Teletrabalhador

Deixe sua opinião e caso tenha alguma dúvida, fale um especialista no chat online! Lembre-se, você também pode enviar um e-mail para ajuda@contelege.com.br se estiver fora do sistema!

Did this answer your question?